Press "Enter" to skip to content

Arduino, explore mais

Helena 0

Pra quem ainda não sabe o Arduino é uma plataforma aberta (open-source), tanto o hardware quanto o software. Assim, o projeto é basicamente uma placa eletrônica de baixo custo, fácil comunicação e muito acessível. O projeto cresceu muito nos últimos anos, com isso existem diversos modelos de placas para cada tipo de aplicação. Desta forma pode ser utilizada para projetos interativos, baseados em internet das coisas (IOT – internet of things) nas empresas, universidades e até mesmo nas escolas para aprendizado de física, lógica e habilidades para resolução de problemas.

 

 

Vantagens do Arduino

Custo

As placas podem ser facilmente entradas em lojas físicas e virtuais aqui no Brasil. Torna, assim o valor mais acessível, por exemplo uma placa simples custa em torno de R$ 40,00.

Multi plataforma

Seu IDE é compatível com os sistemas operacionais Windows, Linux e MacOs, em contrapartida a maioria dos sistemas de microcontroladores operam apenas em Windows.

Ambiente de programação limpo e fácil

Seu IDE é simples para iniciantes, mas também é super flexível para usuários mais experientes.

Código aberto (open-source): software e hardware

O código fonte é aberto e pode ser extensível por meio de bibliotecas criadas em C++. Da mesma maneira, o hardware pode ser customizado. Isto significa que qualquer projetista pode desenvolver seu próprio hardware, tomando por base as placas Arduino.

Como fazer comunicação do Arduino com o Scada LAquis em 3 passos:

Primeiramente iremos criar um protocolo de comunicação serial ou Ethernet. Na sequência definiremos frames no Arduino, bytes de dados para envio e retorno. E por último iremos criar um driver.

    1. Crie um protocolo de comunicação no Arduino, assim como no exemplo abaixo.

      byte valuearray[100]; // Array of values
       
      void setup() { 
       //Initialize serial and wait for port to open:
        Serial.begin(9600); 
        while (!Serial) {
          ; // wait for serial port to connect. Needed for native USB
        }
      } 
       
       
      void loop() {
       byte node;
       byte command;
       byte address;
       byte value;
              // send data only when you receive data:
              if (Serial.available() >= 4) {
       
                      // read the incoming byte:
                       node = Serial.read();
                       command = Serial.read();
                       address = Serial.read();
                       value = Serial.read();
       
                       if (node == 1) {
                        if (command == 1 ) {
                          value = valuearray[address];
                        } else
                        if (command == 2 ) {
                          valuearray[address] = value;
                        }
       
                          Serial.write(node);
                          Serial.write(command);
                          Serial.write(address);
                          Serial.write(value);
                       } 
              } 
      }
    2. Depois de criar o protocolo de comunicação no Arduino, crie o driver utilizando a aplicação editorldriver.exe que está disponível no diretório de instalação do LAquis. Conforme modelo abaixo.

      // Param1 = address
      // Param2 = node
      ldriver 3.0
      :TimeOutBytes=100
      :Try=3
      :CacheTimeOut=1000
      :NoCloseComTry=1
      :Hold=0
       
      ?Comando=1 //Read
      >node 1 address 0
      <node 1 address *value
      .
       
      ?Comando=2 //Write
      :CacheTimeOut=0
      >node 2 address value
      <node 2 address value
      .
    3. Por último …

Salve o driver como exemplo.ldriver. No Laquis selecione: Driver → Exemplo → Config e selecione a porta serial.

No tipo Param1 defina o endereço com um número 0 a 255.

No tipo Param2 parametrize o endereço do nó 1.

Na coluna “Amostragem” digite 1s. Por fim, para testar, basta clicar no botão Ligar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *