Press "Enter" to skip to content

O que é SCADA?

Helena 0

Primeiramente vamos falar da origem do termo SCADA. Ele é o resultado de um acrônimo originado do inglês e significa supervisory control and data acquisition. Sendo assim, nada mais é do que controle de supervisão e aquisição de dados.

Acrônimo "SCADA" (Supervisory Control and Data Acquisition)
Figura 1: SCADA – Controle de Supervisão e Atualização de Dados

A teoria pode ser muito interessante, mas o que isso significa na prática? SCADA é um software, da mesma forma podemos citar o termo “sistema”, utilizado para aquisição de dados ou controle de processos. Assim os processos fazem comunicação com diversos aparelhos em tempo real. Neste contexto, geralmente são utilizados aparelhos denominados CLP (Controlador Lógico Programável) ou de igual modo conhecido como PLC (Programable Logic Controller).

Comunicação Sistema SCADA com CLPs (PLCs)
Figura 2: CLPs conectados ao sistema SCADA

 

Em síntese, o sistema SCADA reúne todas as informações trazidas dos aparelhos que podem estar distribuídos pela fábrica, casa ou edifício. Desta forma os dados armazenados são utilizados para geração de relatórios para estatística ou controle de qualidade. Falando em disposição de estrutura, o sistema poderá estar distribuído pela rede. Outra possibilidade é customização via IHM (interface homem-máquina) e sua utilização é programada de acordo com sua aplicação.

Seguindo neste tema, falando um pouco de hardware, cada aparelho tem um protocolo de comunicação que irá definir o driver que será utilizado no sistema SCADA. As aplicações específicas, de igual forma, podem ser customizadas via script (programação). Porém nem todos os sistemas scada têm flexibilidade para qualquer aparelho de comunicação. Um exemplo de software SCADA, que tem flexibilidade aos drivers é o supervisório LAquis.

 

Tipos de comunicação 

Dentre os tipos de comunicação mais utilizados estão:

  • serial RS-232

É uma das opções mais econômicas, mas são aplicadas para curtas distâncias. Utiliza cabo de 4 a 6 fios com conector DB9. Tem capacidade para apenas um equipamento.


  • serial RS-485

Outra opção mais econômica. O cabo tem apenas 2 fios, utilizado geralmente em indústrias. A distância pode ser de até 1Km e pode ser conectado à diversos equipamentos na mesma ligação. Opcionalmente pode ser blindado de ruídos elétricos.


  • ethernet

Esta sim é a opção mais cara, por outro lado é a mais rápida que as citadas anteriormente. Utiliza cabo de rede RJ45. Tem capacidade para vários equipamentos, roteadores e Wifi.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *